5 SÍMBOLOS QUE TIVERAM SEU VERDADEIRO SIGNIFICADO ALTERADO COM O PASSAR DO TEMPO

Os símbolos têm poder e significados, mas, assim como aquele resto de pizza que você guarda em sua geladeira, o que começa como algo perfeito pode facilmente se transformar em algo terrível. Alguns símbolos que conhecemos em têm um significado muito, mas muito diferente do qual conhecemos, significados que foram enterrados profundamente no passado. Por isso, decidimos cavar fundo as latas de lixo da história para apresentar para você os mais desagradáveis, estranhos e grosseiros significados de alguns símbolos que podemos encontrar. Confira!

Eles são conhecidos como os chifres do diabo, ou o símbolo rock’n roll. Não importa como você os conhece, o sinal – feito pelos dedos indicador e mínimo, formando um ‘chifre’ em suas mãos – é sempre visto como algo forte, ou demoníaco.
No entanto, o símbolo não começou dessa forma. Quando ele realmente começou a ser usado, era um sinal para afastar o mal. Então, como ele se tornou o sinal que conhecemos e amamos – ou odiamos ? Bem, Ronnie James Dio – o cantor – começou a fazê-lo como parte de seus shows, e as pessoas acharam aquilo algo maléfico e demoníaco, porque Dio fazia parte dos artistas que supostamente têm “pacto com o demônio“.
Mas na verdade, ele aprendeu o sinal com a sua avó, que lhe ensinou que era um sinal para afastar o “mau olhado”. Então, cada vez que você faz esse símbolo, você está praticando um pouco de magia. Parabéns você é quase um feiticeiro.

2. Pentagrama


Provavelmente a primeira vez que você viu um pentagrama foi em algum filme de terror, onde provavelmente foi rabiscado com sangue por cima de uma vítima de assassinato. Por isso, acabamos deduzindo que se foi desenhado com sangue é porque, é algum símbolo do mal, certo?
Bem, não, não exatamente. Embora definitivamente não seja um símbolo cristão, ainda sim é um símbolo positivo, usado por bruxas por toda parte para representar a espiritualidade – o ponto no topo – triunfando sobre o mundo. Exceto, aqui está a coisa – antes disso, ainda era visto como uma coisa positiva, mas desta vez por cristãos. Há até referências ao pentagrama como uma forma de expulsar o diabo. Imagine se, de alguma forma, um escudo se torna-se uma espada – que é basicamente o que vem acontecendo ao pentagrama ao longo dos anos.
Existe um motivo para o pentagrama invertido ser considerado algo mal, porque representa o mundo físico sobre o mundo espiritual. No entanto, ele representaria o mesmo nível de maldade como “Eu prefiro comer uma pizza do que ir à igreja”.

3. Cruz


cruz é um dos símbolos mais famosos do mundo – é um sinal da morte de Cristo, da nossa redenção e do cristianismo em geral. Para onde quer que você vá, você pode ver cruzes como uma marca do cristianismo. Mas veja, antes mesmo de Cristo ter existido, ainda havia cruzes sendo usadas como um símbolo, por pessoas em dezenas de países diferentes. Em quase todos os lugares onde você pode pensar, há evidências de cruzes sendo usadas para representar algo sagrado. Alguns eram vistos como representações da vida, e alguns eram símbolos da adoração da natureza. Mas todos eles são exemplos de que a cruz é um poderoso símbolo religioso muito antes do cristianismo sequer ter surgido.
Foi até o tempo de Constantino (o cara que decidiu quais livros da Bíblia devem contar) que a cruz se tornou um símbolo do cristianismo. Foi adotado dos pagãos? Provavelmente, mas tem uma justificativa pura por trás disso, já que a cruz foi onde Jesus foi pregado até a morte.

4. Suástica


Suástica é basicamente a coisa mais próxima que temos de um símbolo real do Diabo. É a coisa que as pessoas que defendem o desgaste do genocídio em massa usam para mostrar que, apesar deles perderem uma guerra anos atrás, sua ideologia não foi embora.
Exceto, aqui está a coisa: quando começou, era uma coisa boa. Sim, antes de Adolf Hitler decidir derramar seu ódio no mundo, a suástica foi um sinal de bem-estar e boa sorte. Foi usado pela primeira vez milhares e milhares de anos atrás, em muitas religiões diferentes, até mesmo aparecendo em seus templos. E depois, os nazistas, arruinando literalmente tudo o que tocam – vidas, símbolos religiosos, rãs, bigodes, tudo – projetaram a bandeira nazista com base na suástica, e arruinou-a para sempre.

5. Cruz de cabeça para baixo


Você pode saber o que a cruz de cabeça para baixo é, dependendo de quão ruim você é. É usada geralmente por HARDCORES!!, que o usam como um símbolo de anti-crisotos. A cruz é muito cristã, certo? Então, virando-o de cabeça para baixo, veja, você está sendo desrespeitoso, e assim sendo como “Veja, eu não sou um cristão!”
Bem, desculpe arruinar sua blasfema – que é exatamente o oposto do significado que uma cruz invertida tinha em primeiro lugar. Por muito tempo, era representante da Crucificação de São Pedro, um dos discípulos de Jesus e o primeiro Papa. Quando ele foi crucificado ele insistiu que ele fosse crucificado de cabeça para baixo, porque sentia que não era suficientemente bom para ser morrer do mesmo jeito que Jesus. Assim, de alguma forma, o símbolo passou de um sinal de penitência a Deus, para um sinal de ódio à todas religiões.

Fonte Original: Trends Pop
Compartilhe no GooglePlus