VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS DOENÇAS MAIS DOLOROSAS DO MUNDO

NOME
1. Neuralgia do trigêmeo

Essa é uma doença rara, e não requer exame de imagem ou laboratoriais e pode durar a vida inteira. Também conhecida como doença de Fothergill ou síndrome da dor facial paroxística, a doença é mais comum em mulheres com mais de 40 anos. A neuralgia do trigêmeo é um distúrbio que afeta um dos mais importantes nervos da cabeça, o nervo trigêmeo. Ela causa intensas e constantes dores nos olhos, nariz, mandíbula, testa e até no couro cabeludo. Os tratamentos incluem medicamentos, injeções e cirurgia.

2. Fibromialgia

Essa doença não tem cura, mas o tratamento pode ajudar. A fibromialgia é uma síndrome muito comum, que causa dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. A doença ainda é um mistério para a medicina e pode limitar consideravelmente a vida de quem sofre dela. A fibromialgia também está diretamente ligada à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade. Medicamentos, psicoterapia e redução de estresse ajudam a controlar os sintomas.

3. Herpes-zóster

Qualquer pessoa que já tenha tido varicela, também conhecida como catapora, pode acabar desenvolvendo a herpes-zóster em algum momento da vida, já que as duas condições são causadas pelo mesmo vírus que, depois de uma infecção, nunca é totalmente removido do organismo. A dor é intensa e contínua, e não tem cura, os médicos podem apenas aliviar os sintomas. Estresse e baixa imunidade aumentam as chances de se desenvolver herpes-zóster. Ela tem um curto prazo de tratamento entre cinco dias e pode chegar até a semanas.

4. Pedra na vesícula

As pedras, também chamadas de cálculos biliares, podem escapar da vesícula e atravessar o duto biliar, o que causa uma dor extremamente forte. O problema é mais comum entre mulheres e pessoas obesas. Dependendo do caso, só é possível remover as pedras por meio de cirurgia. Para diminuir os riscos, é recomendado evitar o excesso de gordura na alimentação.
O mais assustador é que estima-se que aproximadamente 10% da população desenvolva essa doença em algum momento da vida. É uma doença crônica e pode durar anos ou a vida inteira.

5. Cefaleia em salvas

Cefaleia em salvas é como uma enxaqueca, só que dez vezes mais dolorosa. Ao contrário da convencional, a cefaleia em salvas é mais comum entre homens e afeta cerca de 0,1% da população. A dor é tão intensa que já levou pacientes a cometer suicídio. É possível diminuir a frequência e a intensidade das dores, mas ainda não há cura definitiva para a doença.

6. Peritonite

A peritonite pode levar o paciente à morte e por isso é considerada uma emergência cirúrgica. Ela ocorre quando o peritônio, uma membrana que cobre vários órgãos abdominais inflama. A dor é tão forte que a pessoa que sofre de peritonite quase sempre pede ou suplica para ser operada imediatamente.

7. Torção do testículo ou do ovário

Quando os testículos ou ovários se torcem em seus próprios ligamentos, o que pode ocorrer espontaneamente, a dor é extrema e vem acompanhada de um risco de necrose e de esterilidade. A condição também é considerada uma emergência médica.

8.  Doença de Crohn

Uma das doenças inflamatórias intestinais mais conhecidas, a doença de Crohn pode provocar sérias dores, além de complicações. No entanto, apesar de intensa, a dor não é regra entre quem sofre da doença.

Bônus: Câncer dói?

Sim segundo os especialistas, o câncer pode causar dor e de diversas maneiras. Pode doer quando o tumor comprime ou infiltra os tecidos, e também quando os processos que o corpo humano sofre para lutar contra o tumor são muito difíceis.


Além dos tratamentos como quimioterapia e radioterapia, que , em alguns casos, trazem sintomas ou incômodos dolorosos. No entanto, os tratamentos contra a doença têm sido cada vez mais eficazes e os tumores que antes não eram eliminados, hoje já são curáveis e também já há algumas medidas para aliviar a dor e o estresse dos pacientes.

Compartilhe no GooglePlus